Processo contra o filme 2012

Qua, 24 Fev, 06h04

Por Redação Yahoo! Brasil

Destruir o Cristo Redentor no filme “2012” foi considerado um atentado contra a Igreja pela Arquidiocese do Rio de Janeiro, que cobra da Columbia Pictures o pagamento de uma indenização por uso indevido de imagens.

O filme do diretor alemão Roland Emmerich, o mesmo de “O dia depois de amanhã” e “Independence Day”, narra a história do fim do mundo – que parece ser uma grande obsessão para Emmerich, a julgar por sua filmografia. “2012” é estrelado por John Cusack, Thandie Newton, Amanda Peet e Woody Harrelson. Vários monumentos são destruídos por computação gráfica, inclusive o Cristo Redentor.

A Arquidiocese do Rio não pode cobrar pelo uso da imagem do Cristo, mas tem poder de veto, com a justificativa de que se trata de um símbolo religioso e que deve ser preservado. O escritório da Columbia já foi notificado e os advogados da empresa em Los Angeles estão cuidando do caso.

A advogada Claudine Dutra, responsável pelo departamento jurídico da Arquidiocese, afirma que a Columbia procurou a entidade na fase de pré-produção e o pedido de autorização foi negado. Ela explicou que ainda não há um valor estipulado para a indenização.

O filme “2012” já não está mais em cartaz.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Processo contra o filme 2012

  1. Ainda bem que tem gente, que decide por tantos que não podem se manifestar por tamanha banalidades. Que Deus continue abeçoando o Rio de Janeiro e todo povo que ama a Deus, e briga pelas coisa erradas. Paz e Bem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s