Pensamento do Papa para o Natal emitido pela BBC

“Deus nos surpreende ao cumprir suas promessas”

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 (ZENIT.org) – Apresentamos a mensagem radiofônica que Bento XVI emitiu na manhã desta sexta-feira na rede britânica BBC.

* * *

Recordando com grande carinho minha visita de quatro dias ao Reino Unido no mês de setembro passado, alegro-me por ter a oportunidade de saudá-los uma vez mais, e também de saudar os ouvintes em todas as partes, enquanto nos preparamos para o nascimento de Cristo.

Nossos pensamentos voltam a esse momento da história em que o povo eleito por Deus, os filhos de Israel, viviam em intensa expectativa. Eles esperavam o Messias que Deus prometeu enviar, e o imaginaram como um grande líder que os resgataria da dominação estrangeira e restauraria sua liberdade.

Deus é sempre fiel a suas promessas, mas frequentemente nos surpreende na forma como as cumpre. O menino que nasceu em Belém ia trazer a libertação, mas não só para o povo desse momento e lugar – ia ser o Salvador de todos os povos em todo o mundo e em toda a história. E não era uma libertação política o que o trazia, alcançada através de meios militares: o contrário, Cristo destruiu a morte para sempre e restaurou a vida utilizando como meio sua vergonhosa morte na Cruz. E ainda que tenha nascido na pobreza e na obscuridade, longe dos centros de poder da terra, não era outro que o Filho de Deus. Por amor a nós, tomou sobre si nossa condição humana, nossa fragilidade, nossa vulnerabilidade, e nos abriu o caminho que conduz à plenitude da vida, a participar na própria vida de Deus. Enquanto consideramos este grande mistério em nossos corações neste Natal demos graças a Deus por sua bondade conosco, e proclamemos alegremente aos que nos cercam a boa notícia de que Deus nos oferece libertar-nos de tudo que nos oprime; Ele nos dá a esperança, nos dá a vida.

Queridos amigos da Escócia, Inglaterra e Gales, e também de todas as partes do mundo de língua inglesa. Quero que saibam que os terei muito em minhas orações durante este tempo de Natal. Rezo por suas famílias, por seus filhos, por quem está enfermo e por todos os que estão passando qualquer tipo de dificuldade neste tempo. Rezo especialmente pelos anciãos e por todos os que se aproximam do fim de suas vidas. Peço a Cristo, luz das nações, que dissipe toda escuridão que possa ter em suas vidas e que os conceda a graça de um tranquilo e alegre Natal.

Deus os abençoe!

[Traduzido por ZENIT

©Libreria Editrice Vaticana]

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s