Ainda jovem?

Escrevi este texto há cinco anos e creio que ele está ainda bastante atual. Vale a pena conferir.

Na mesma estrada

Um dia desses conversando com um amigo de cerca de 20 anos escutei o seguinte comentário: “eu não sou mais jovem, sou um adulto”. Claro que eu comecei a rir dele. Afinal, quando a gente vai passando muito dos 30 a gente vai entendendo que a vida é mais longa do que o que pensávamos antes dos 30.

Lembrei-me de um episódio parecido que aconteceu comigo logo quando cheguei à Itália. Eu estava perto de completar 30 anos e, conversando com uns amigos italianos, disse que não era mais jovem. Eles começaram todos a rir de mim, achando muito engraçado a minha observação, porque, para eles, eu era sim um jovem. Eu quase não acreditava naquilo, até que, lendo um jornal um dia no trem me deparei com a seguinte notícia: “assassinado um jovem de 30 anos”. Engraçado essas coisas de diferença cultural. Se pensarmos na idade média, ou mesmo…

Ver o post original 658 mais palavras

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s