Buon Natale!!!

Tu scendi dalle stelle o Re del cielo,
e vieni in una grotta al freddo e al gelo,
e vieni in una grotta al freddo e al gelo.
O Bambino mio divino, io ti vedo qui a tremar.
O Dio beato!
Ah! Quanto ti costò l’avermi amato.
Ah! Quanto ti costò l’avermi amato.

A te che sei del mondo il Creatore,
mancano i panni e il fuoco, o mio Signore.
Mancano i panni e il fuoco, o mio Signore.
Caro eletto pargoletto, quanta questa povertà
più mi innamora, giacchè ti fece amor povero ancora.
Giacchè ti fece amor povero ancora.

Tu lasci del tuo Padre il divin seno,
per venire a tremar su questo fieno;
per venire a tremar su questo fieno.
Caro eletto del mio petto, dove amor ti trasportò!
O Gesù mio, perchè tanto patir, per amor mio…

Famoso canto natalino composto por Santo Alfonso Maria de Liguori, bispo napolitano que fundou em 1732 a Congregação do Santíssimo Redentor (uma ordem missionária) e que foi sucessivamente canonizado em 1831. Em dezembro de 1744, enquanto residia no Convento da Consolação em Deliceto (província de Foggia), compôs e executou, no período de Natal, este esplendido canto natalino.

Só para lembrar…

Que grande alegria!


Somos felizes! Temos o dom da fé. Somos imensamente felizes, somos católicos. Temos uma Igreja Santa, embora feita de homens pecadores, mas que tem a garantia dada pelo próprio Fundador, o Filho de Deus, que jamais será subjugada pelas “portas do inferno”.

Somos felizes, pois temos um Papa, um pastor, sinal de Cristo na Terra, sinal de nossa unidade. Somos um só povo, um só rebanho, uma só Igreja; feita de tantos povos e culturas, de todas as idades e classes sociais, de todas as línguas e dialetos.

Somos felizes pois temos a Palavra de Deus escrita, temos os sacramentos, sinais eficazes da graça da salvação deixados por Nosso Senhor Jesus Cristo. Temos o testemunho inequívoco de uma nuvem inumerável de santos que viveram (e que vivem) sobre esta terra, tão massacrada pelo pecado, mas que venceram pela fé e pelo amor.

Somos felizes pois temos a segurança de pertencermos ao Corpo Místico de Cristo, sermos filhos do Pai e herdeiros do Céu por graça e misericórdia. Somos felizes pois temos a certeza do perdão misericordioso e paciente com nossas fraquezas pois Aquele que não poupou o seu próprio Filho por amor a nós, enquanto ainda éramos distantes do seu amor, como agora não nos dará por ele a sua misericórdia? Somos imensamente felizes pois temos uma Mãe que intercede por nós junto ao seu filho e temos irmãos que, junto de Deus, nos aguardam para a felicidade plena e definitiva.

Somos felizes pois, diante das inconstâncias desse mundo, da mutabilidade das coisas, da perda dos valores éticos e morais, da falta de referência, temos uma Igreja que não trai o Evangelho com o passar dos séculos, não muda e jamais mudará naquilo que é essencial. Que defende a vida desde a sua concepção até o seu fim natural, que defende a família, a maravilhosa liberdade da castidade, o amor e o perdão, a paz e a reconciliação. Que não segue a moda e as tendências do momento para agradar pessoas ou grupos, mas que segue adiante a fidelidade a Jesus, o Senhor. Isso nos dá segurança, confiança.


Sim, ser católico é uma grande felicidade, um grande dom, uma imensa graça. Somos orgulhosos de sermos Católicos, de pertencermos a Igreja fundada por Jesus Cristo, o Filho de Deus, sobre a rocha escolhida do Apóstolo Pedro e todos os seus sucessores pelos séculos, numa corrente ininterrupta de unidade.

Meus irmãos, sei que para a maioria dos leitores desse blog, isso é óbvio. Mas diante dos constantes e sempre crescentes ataques à nossa fé, vale a pena lembramo-nos que SOMOS FELIZES POR SERMOS CRISTÃOS CATÓLICOS.

Ninguém poderá nos roubar essa felicidade!


Oração de uma criança

Querido Deus

Querido Deus
Odeio ser um incômodo
Mas preciso dizer
Este mundo está ficando mais louco a cada dia
Espero que me escute agora que eu paro para orar

Querido Deus
As pessoas pegam suas palavras e tentam distorce-las
Sei que Você não pode estar feliz com o que está acontecendo aqui em baixo
Procuro por algumas respostas
Mas elas não podem ser encontradas
Você pode me ajudar, Querido Deus?

Querido Deus
Em uma outra noite ouvi alguém dizer
O que adianta acreditar em Você de qualquer modo?
Creio que seja só mágoa falando através da dor
É uma grande pena

Querido Deus
Sei que Você está desapontado com as coisas que temos feito
Eles não podem ver a verdade que todos estão fugindo?
Tentam pregar sua palavra com uma arma carregada
O que eles estão pensando, Querido Deus?

Todos estão procurando por uma solução fácil
Eles não podem ver além do mundo egoísta que vivem
Suas palavras de amor estão se perdendo, em toda confusão
Sim, elas estão
Mas eu ainda acredito
Algum dia Você vai falar comigo

Querido Deus
Sei que Você tem um milhão de outras chamadas para atender
Você está tratando com um monte de outras coisas que não podem esperar
Mas há um pedido que eu preciso fazer

Querido Deus
Você não irá mandar um sinal, só para diminuir minha dúvida?
Estou tentando escutar Você, mas o silêncio é tão alto
Eu acho que vejo um arco-íris bem atrás das nuvens
E Te escuto agora, Querido Deus.